“Nunca imaginei que era possível amar alguém assim”

Luciana Náira (*) Nunca imaginei que era possível amar alguém assim. Costumo dizer que você foi meu primeiro amor. Há 17 anos quando painho me levou na maternidade, eu te te vi toda enroladinha naquela manta branca brilhei internamente. Quando mainha me pediu pra te pegar porque ela estava proibida de abaixar, eu sabia que … Mais “Nunca imaginei que era possível amar alguém assim”

OLGA, EM FOTO

Pedindo desculpas, corrijo a falha de não haver publicado uma foto de Olga, minha netinha, no recente post que dediquei a ela. Eis a foto: Em tempo: a foto é de autoria de Fábio, o pai de Olga. Também agradeço a Ana Katharina, que autorizou, com um imenso e sorridente “claro, pai”.  Logo publicarei outras … Mais OLGA, EM FOTO

ESTAMOS DE VOLTA

Uma explicação aos amigos do blog. Estamos de volta, após cinco dias de uma ausência justificada pela viagem que fizemos ao Sertão da Paraíba. Fomos, até para compartilhar com familiares que lá residem, o sentimento natalino emoldurado pela seca. A solidariedade é a força humana mais presente. Estivemos, com gente da família que reside no … Mais ESTAMOS DE VOLTA

É PESSOAL: NA VOLTA, DESCULPAS.

Peço desculpas às amigas e aos amigos do blog por minha ausência durante os mais recentes cinco, seis dias. A explicação parece contraditória: nesse período vivo um tempo complementar de férias. Explico mais: férias da atividade profissional, porém, trabalho ainda mais duro, pesado e “interminável”,  em casa. Pois é, como tenho em certas ocasiões de … Mais É PESSOAL: NA VOLTA, DESCULPAS.